Loading...

terça-feira, 4 de novembro de 2014

AMOR: Assunto inesgotável.

Que simplicidade!
Que profundidade!

por:

Jetsunma Tenzin Palmo

https://www.youtube.com/watch?v=gjV5zaGd0gA

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Reflexões sobre Ítaca

A seguir, trechos da obra-prima de Kavafis:

Quando você partir, em direção a Ítaca,
que sua jornada seja longa
repleta de aventuras, plena de conhecimento.
Não tema Laestrigones e Cíclopes
nem o furioso Poseidon;
você não irá encontrá-los durante o caminho,
se você não carrega-los em sua alma,
se sua alma não os colocar diante de seus passos.
Espero que sua estrada seja longa.
Que sejam muitas as manhãs de verão,
e que o prazer de ver os primeiros portos
traga uma alegria nunca vista.
Procura visitar os empórios da Fenícia
e recolha o que há de melhor.
Vá as cidades do Egito,
e aprenda com um povo que tem tanto a ensinar.
Não perca Ítaca de vista,
pois chegar lá é o seu destino.
Mas não apresse os seus passos;
é melhor que a jornada demore muitos anos
e seu barco só ancore na ilha
quando você já estiver enriquecido
com o que conheceu no caminho.
Não espere que Ítaca lhe dê mais riquezas.
Ítaca já lhe deu uma bela viagem;
sem Ítaca, você jamais teria partido.
Ela já lhe deu tudo, e nada mais pode lhe dar.
Se, no final, você achar que Ítaca é pobre,
não pense que ela lhe enganou.
Porque você tornou-se um sábio, e viveu uma vida intensa,
e este é o significado de Ítaca.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

quarta-feira, 30 de julho de 2014

CLICK SOBRE O TEMA E ASSISTA O VÍDEO MENTES PERTURBADAS 

segunda-feira, 23 de junho de 2014

O que é ser adulto?

Na atualidade, a idade adulta é uma idade de inacabamento, autonomia, liberdade, incerteza, risco e individualização (BOUTINET, 2000). Por outro lado, o adulto inacabado da modernidade avançada coexiste com o adulto padrão da modernidade e estabelece-se um paradoxo particular entre a representação tradicional e a representação moderna (positivista ou pessimista) do que é ser adulto. Os valores pós-modernos caracterizam uma sociedade em que se questionam as evidências, onde os adultos pensam a sua existência num cenário de dilemas, de oposições e de dialética, onde a pessoa e as instituições têm de reinventar-se constantemente.    LEIA NA INTEGRA...http://www.revistas.usp.br/reaa/article/view/11459/13227